Buscando por: Livre acesso às áreas restritas



Mai/Jun - 2013 - nº 174

Livre acesso às áreas restritas

A LUTA CONTINUA

O diretor do Departamento de Operação do Sistema Viário (DSV), Roberto Vitorino dos Santos, recebeu, em 16 de maio, o presidente do Sindilav, José Carlos Larocca. Eles se reuniram em uma audiência para tratar sobre a restrição de veículos que transportam roupas hospitalares, para higienização, na Zona Máxima de Restrição de Circulação da cidade de São Paulo.

José Carlos Larocca estava acompanhado pelo vereador Paulo Fiorilo, pelo gerente executivo do Sindilav, Marco Antonio Pires Fernandes, e pelos empresários Rômulo Guimarães Rodrigues, da Lavanderia Lavsim – Higienização Textil S.A., e Antonio Carlos Affonso, da Maxlav Lavanderia Especializada Ltda.

Na oportunidade, o presidente do Sindilav reiterou seu pedido de prorrogação das exceções concedidas aos veículos de lavanderias hospitalares, e expôs a grande importância da pauta, utilizando, para isso, um documento obtido junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Larocca falou sobre a importância do livre trânsito destes caminhões, que são fundamentais para a continuidade dos serviços hospitalares, já quem tratam do transporte de enxovais utilizados pelos pacientes e pelas equipes médicas.

A retirada das roupas sujas e a entrega dos enxovais limpos e esterelizados são trabalhos que não devem ser interrompidos e nem podem sofrer atrasos, pois precisam acompanhar a rotina dos hospitais. Além disso, a demora na higienização destas roupas dá margem à proliferação de bactérias e contaminações.

Já faz algum tempo que o Sindilav está lutando por essa causa. Algumas exceções já foram concedidas, mas a intenção é obter autorização para que todo o tráfego de veículos, que trabalham para as lavanderias hospitalares, seja liberado nas vias de acesso restrito.

O tema alcança a esfera da saúde pública e da integridade de todos que trabalham e usam os hospitais diariamente. Por isso considera-se fundamental que a exceção a esses veículos que atuam na logística das lavanderias hospitalares seja concedida de maneira permanente.

Roberto Vitorino dos Santos se mostrou sensível ao pleito do Sindilav e certamente prorrogará as exceções concedidas anteriormente.
Continuaremos lutando para que a exceção seja consolidada como regra.




 

Sindilav Notícias 212


edições anteriores »