Nov/Dez - 2017 - nº 201

Projeto Lavanderia Social, em conjunto com a prefeitura de São Paulo

Parceria com a prefeitura prevê a instalação de lavanderias para atender pessoas com carência social.

Membros da diretoria reunidos com Filipe Sabará

Membros da diretoria reunidos com Filipe Sabará

Com o objetivo de dar início ao projeto “Lavanderia Social”, o presidente do Sindilav José Carlos Larocca — acompanhado pelos diretores do sindicato Rui Sergio Torres e Emerson Queiroz, e do gerente executivo Marco Antonio Pires Fernandes — se reuniu, no dia 31 de outubro, com o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social da prefeitura de São Paulo, Filipe Sabará. O projeto pretende instalar lavanderias para atender pessoas com carência social, além de moradores da redondeza onde a lavanderia for instalada, sem qualquer custo ou a preços subsidiados.

O “Lavanderia Social” prevê a instalação das lavanderias junto aos seis Centros Temporários de Acolhimento (CTA) da prefeitura de São Paulo, que ofertam acolhimento, alimentação, banho, atendimento social e fazem o encaminhamento para outras políticas públicas, de acordo com sua demanda.

O presidente José Carlos Larocca designou o diretor Rui Sergio Torres para capitanear o projeto por parte do Sindilav, tendo em vista sua formação em empreendedorismo e seu efetivo conhecimento em lavanderia doméstica.




 

Sindilav Notícias 201


edições anteriores »