Jan/Fev - 2018 - nº 202

Editorial – Missão cumprida e novo desafio

Editorial

Encerramos mais um mandato à frente da diretoria do Sindilav. Foram quatro anos de muito trabalho, muita luta e várias conquistas para a categoria de empresas de lavanderia, além de intensas atividades políticas, ocasião em que pleiteamos e combatemos diversos temas de grande interesse para o setor. Agradecemos aos diretores, pois foram extremamente dedicados e competentes. Sem eles, nossa gestão não teria êxito, pois o espírito de equipe que norteou nossos trabalhos foi preponderante para o sucesso alcançado. Agradeço, especialmente, à diretoria executiva: Edson Di Nardi, Rui Sérgio Torres e Alaor Chiodin, pela brilhante e constante colaboração. Contudo, aumentou a nossa responsabilidade, pois fomos reeleitos para mais uma gestão, até janeiro de 2022. E, acompanhando novos tempos, ampliamos a diretoria, no sentido de mantê-la atualizada com novos diretores das empresas multinacionais, que não tinham assento em nossa diretoria. É importante ressaltar a notoriedade que atualmente o Sindilav desfruta, junto aos poderes constituídos, e o respeito à categoria dos empresários do nosso setor. Hoje, lavanderia é um grande segmento empresarial, gerando milhares de empregos e contribuindo com considerável parcela de recolhimento de impostos. Essa postura continua sendo por nós sustentada, procurando manter o sindicato forte e atuante, com condições de conquistar melhorias para a categoria que representa.

Dentre os ideais traçados para o Sindilav, nos próximos quatro anos, estão o incentivo à melhoria técnica e o fortalecimento econômico do setor, além da promoção ao aumento da utilização dos serviços de lavanderia, reforçando, junto ao consumidor final, a percepção de que as lavanderias podem ajudá-lo, de maneira prática e econômica. Aos empresários de lavanderia, nossos parceiros, que nos ajudam a cumprir a nossa missão, prometemos o mesmo espírito de luta, de maneira a conseguirmos muito mais para a categoria. A eles lembro, no entanto, que pagar as contribuições também é muito importante, pois é a única fonte de custeio das entidades sindicais. Sua destinação objetiva o fortalecimento da categoria, financiando atividades diversas, estratégias de pleitos junto aos órgãos públicos, além de assessorias que disponibilizamos a todos os filiados e associados. Com certeza, juntos conseguiremos muito mais.

José Carlos Larocca
Presidente do Sindilav



edições anteriores »